• 21 2530 2519
  • atendimento@gestomed.com.br

Como colocar o seu consultório nas primeiras páginas do Google

  • Como colocar o seu consultório nas primeiras páginas do Google

    Como colocar o seu consultório nas primeiras páginas do Google

    O Google é o mecanismo de buscas mais usado no Brasil e representa cerca de 90% de todas as pesquisas na internet. A preponderância desse gigante do vale do Silício é tão grande em nossas terras que muitos internautas confundem o campo de buscas do site como próprio navegador e digitam ali não a busca que estão fazendo, mas sim o endereço do site que já sabem. E, se por acaso esse endereço for de um site novo e não aparecer no resultado da pesquisa, esse internauta sequer consegue acessá-lo.

     

    Em outras palavras: quem não aparece no Google aparece pouco na internet. É por isso que é importante “ser achável” na grande rede. E o primeiro passo para isso é começa na própria elaboração do site. Se não utilizada as mais atuais técnicas de SEO (que fazem, no jargão de programadores, que o site seja “google friendly”) ele tem muito mais dificuldade em aparecer, mesmo que tenha relevância no tema pesquisado.

     

    Mas, afinal, o que é SEO?

    SEO é a sigla em inglês para Search Engine Optimization. Um nome pomposo que não significa nada mais do que otimizar o seu conteúdo para os motores de busca. Aqui, o assunto começa a ficar um pouco mais técnico, mas listei abaixo o que de mais importante precisa saber.

     

    O título do site e das páginas que o compõem é um dos principais fatores de decisão para posicionamento do site em relação às palavras-chave usadas em uma busca. Basta fazer uma busca qualquer no Google e conferir que nos primeiros resultados, as palavras utilizadas na busca com certeza aparecem no título. A otimização de título é das mais importantes técnicas de SEO.

     

    Outro passo importante é conferir como o google analisa meta tags e depois otimizar as meta descriptions do seu site. Essa meta tag é de importância vital para o posicionamento de um site nas buscas. Quando bem escrita, aproveitando-se corretamente das palavras-chave da página em questão, pode chamar a atenção do usuário e do buscador. E exatamente nesse ponto entramos em outro aspecto interessante no momento de elaboração de sites: lembre-se que o SEO é para buscadores e sites para pessoas. Jamais desenvolva um somente para as pessoas pois elas dificilmente o acharão no vasto território digital. Ele precisa ser “amigável” dos mecanismos de buscas, usando e abusando, das palavras chaves de sua clínica em suas tags

     

    Mais dicas importantes

    . Para que o seu título seja visto por completo, ele deve conter no máximo 65 caracteres. Caso ultrapasse esse número, parte dele será cortada na página de resultados do Google, o que pode comprometer o sentido da frase.

     

    . A forma como você divide o seu texto também influencia no ranqueamento do Google. É importante que você respeite a hierarquia entre títulos e subtítulos para que o seu texto seja organizado da melhor forma possível. Na sua ferramenta de blog, você consegue definir títulos, subtítulos e qualquer outra subdivisão que desejar.

     

    . Inserir links para sites que tenham grande autoridade é uma boa estratégia para estar bem ranqueado, mas melhor ainda é que o seu site ou blog possua vários links redirecionados para ele próprio. Uma ótima estratégia é criar links que levem os seus leitores a outros artigos do seu site.

     

    . O Google leva isso em consideração também o tempo de carregamento da página. Sites lentos não são bem ranqueadas. Imagens pesadas e em excesso podem ser uma das razões para a lentidão da sua página.

     

    . Ter um site responsivo. Hoje em dia, não precisamos de um computador para acessar a internet. O acesso à internet pelos celulares e outros dispositivos móveis têm crescido vertiginosamente e, atualmente, já representam a maior parte de navegação na web. Por isso o seu site e blog devem estar preparado para ser visualizado em qualquer dispositivo. O Google analisa a qualidade de um site também por esse fator.

     

    . Outra detalhe importante na elaboração de um site e descrever as imagens utilizadas. Se você insere uma imagem no meio do seu texto, você precisa informar ao Google do que se trata. Caso contrário, ele entende que há um buraco enorme no corpo do seu artigo. Título, texto alternativo (aquele que aparecerá para o usuário caso a imagem não carregue) e a descrição são fundamentais.

     

    . Por fim, boa parte do que está escrito acima influencia no tempo de permanência de um usuário na sua página. Se o seu conteúdo é relevante e de qualidade e o carregamento da página não é lento, com certeza o tempo que o usuário passará nela será maior e isso diminui o que o Google chama de “taxa de rejeição” que, sendo alta, influencia negativamente no seu posicionamento. Uma dica para aumentar o tempo de permanência do usuário na sua página é desenvolver um conteúdo que aguce a curiosidade do leitor! Crie uma introdução que faça com que ele queira ler o seu texto até o fim, fazendo algumas perguntas que só serão respondidas no decorrer do seu artigo.

     

    Bom, unindo todas essas dicas, você tem elementos suficientes que ajudam no ranqueamento do seu conteúdo no Google. Agora é só começar a executá-las na sua estratégia.

    Comentar

    Campos obrigatórios *